#Doente com VIH curado em Londres é o segundo no mundo

Postado em

Fonte de imagem: © iStock

Um estudo liderado por Ravindra Kumar Gupta da U. Cambridge revela o segundo paciente no mundo a ser curado do vírus do VIH.

O tratamento aplicado no paciente passou por transplante de células-tronco de pessoas com o gene CCR5delta32/delta32 que as torna imunes ao VIH. O transplante impede que o vírus se replique ao substituir as células imunitárias do doente pelas células imunitárias do dador.

De seguida, o doente foi submetido a quimioterapia para eliminar resíduos do vírus que poderiam permanecer.

As análises ultrassensíveis feitas a amostras de sémen, de fluído cefalorraquidiano, de sangue e de tecido intestinal ao fim de 30 meses da interrupção dos antirretrovirais não demonstraram qualquer atividade viral.

A contagem de células CD4 que indicam o estado das células imunitárias revelou também um sistema imunitário saudável, sendo que estas células originárias do doente foram 99% substituídas pelas do dador, o que revela o sucesso do transplante.

Foram, porém, encontradas réstias de ADN do VIH-1 em tecidos a que se chamam “fósseis”, mas que, segundo os investigadores, não terão capacidade de se replicar.

Gupta, contudo, alerta que este tratamento apenas é aconselhado como último recurso de doentes com VIH que têm problemas hematológicos graves e fatais. Deste modo, não é um tratamento que seja opção para todos os infetados com o vírus em geral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s