#CESSAÇÃO TABÁGICA: A OPÇÃO POR ESTILO DE VIDA MAIS SAUDÁVEL

Postado em

OMS: Brasil é exemplo para o mundo no combate ao tabagismo | Agência Brasil

 

O tabagismo é umas das principais causas evitáveis de várias doenças respiratórias crónicas, vários tipos de cancro e doença cardiovascular (1).

No grupo de neoplasias associadas ao tabagismo, destaco o cancro do pulmão, a neoplasia que mais mata em todo o mundo (1).

O tabagismo é uma relevante causa de morte; todos os anos morrem mais de 8 milhões de pessoas por doenças relacionadas com o tabagismo (1).

Assim, facilmente se conclui que a cessação tabágica constitui um passo importante no sentido da redução do risco para várias patologias e do risco global de morte.

Os benefícios da cessação tabágica manifestam-se desde o primeiro dia. Ao fim de 24 horas reduz-se o risco para enfarte do miocárdio; após 3 semanas verifica- se uma melhoria relevante da função pulmonar; após 5 anos reduz em 50% o risco de acidente vascular cerebral; e ao fim de 10 anos o risco de várias neoplasias reduz para metade (2).

Quando a cessação tabágica é conduzida no contexto de uma consulta dedicada, a probabilidade de sucesso é maior (3,4). Numa consulta de Cessação tabágica, o fumador pode beneficiar de uma intervenção comportamental complementada com opções farmacológicas. O objetivo da intervenção comportamental passa pelo ensino de estratégias que procurem substituir o hábito de fumar por rotinas facilitadoras da cessação e promotoras de um estilo de vida mais saudável, bem como reforçar a motivação ao longo de todo o processo.

As opções farmacológicas constituem um complemento que procura minorar os sintomas de abstinência e reduzir a perceção de prazer associada ao tabaco. Na panóplia de escolhas existentes, destaca-se o fármaco vareniclina que atuando no sistema nervoso central nas áreas que transmitem a satisfação associada à inalação de nicotina, aumenta a probabilidade de sucesso para o triplo quando comparado com placebo (1).

Concluindo, realço os múltiplos benefícios inerentes à cessação tabágica bem como o facto de que no contexto de uma consulta dedicada, o fumador aumenta significativamente a probabilidade de conseguir deixar de fumar.

Referências:

  1. World No Tobacco Day 2020 – Key messages; https://www.who.int/
  2. Nunes E., Monteiro L.; Orientações programáticas a 2020 – Programa Nacional de Prevenção e Controlo do Tabagismo, Direção Geral da Saúde
  3. Aveyard P, Begh R, Parsons A, West R. 2011. Brief opportunistic smoking cessation interventions: a systematic review and metaanalysis to compare advice to quit and offer of assistance. Addiction 107(6): 1066–73.
  4. Brinson D, Ali W. 2009. The effectiveness of interventions to increase the delivery of effective smoking cessation treatments in primary care settings – the ABCs. Health Services Assessment Collaboration Report 2(9).

 Dr. Daniel Vaz ,Pneumologista 

*Trofa Saude

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s