Covid-19 durante a gestação pode aumentar risco de hipertensão e pré-eclâmpsia

Postado em

  .

Dra. Nigel Madden

“Isso não foi totalmente surpreendente, visto que a inflamação vem sendo implicada na patogênese tanto da doença hipertensiva gestacional como da infecção por SARS-CoV-2, portanto, uma pode exacerbar a outra”, a Dra. Nigel Madden, médica residente no Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Columbia University, nos Estados Unidos, disse ao Medscape após apresentar os resultados.

A doença hipertensiva gestacional ocorre em 10% a 15% de todas as gestações e representa a principal causa de morbidade e mortalidade materna e perinatal do mundo, explicou a Dra. Nigel aos participantes do encontro. Embora não esteja claro o que causa as doenças hipertensivas na gestação, de forma geral, “é possível que o estado inflamatório agudo da infecção por SARS-CoV-2 possa incitar ou exacerbar a doença hipertensiva gestacional”, comentou a Dra. Nigel.

Os pesquisadores conduziram uma revisão retrospectiva de prontuários de 1.715 pacientes que tiveram gestação única e que foram submetidas a exame por reação em cadeia da polimerase (PCR, sigla do inglês, Polymerase Chain Reaction), a partir de amostra nasofaríngea, no momento da admissão hospitalar na instituição na qual realizaram o trabalho de parto, entre março e junho de 2020. Os pesquisadores excluíram pacientes com história de hipertensão crônica.

No total, 10% das pacientes apresentaram resultado positivo para covid-19 (N = 167) e 90% apresentaram resultado negativo (N = 1.548). Houve várias diferenças basais entre os grupos. As pacientes com resultado positivo tenderam a ser mais jovens; média de idade de 28 anos versus 31 anos para as pacientes com resultado positivo. A proporção de pacientes acima de 35 anos de idade também foi maior no grupo negativo (P < 0,01). Houve diferenças significativas na composição racial dos grupos; metade do grupo positivo referiu “outras” ao indicar a própria raça. A maior disparidade basal entre os grupos foi em relação ao seguro de saúde: 73% das pacientes com resultado positivo para covid-19 usavam o Medicaid, enquanto apenas 36% das pacientes no grupo negativo para covid-19 usavam esse recurso. As que tinham plano de saúde particular foram mais propensas a apresentar resultado negativo (43%) do que positivo (25%) (P < 0,01).

Os pesquisadores definiram hipertensão gestacional como pressão sistólica ≥ 140 mmHg ou pressão diastólica ≥ 90 mmHg em duas aferições com no mínimo quatro horas de intervalo. O diagnóstico de pré-eclâmpsia exigiu pressão arterial elevada (mesmos critérios usados para definir hipertensão), além de proteinúria, caracterizada por razão proteína/creatinina ≥ 0,3 mg/dL ou proteína ≥ 300 mg na urina de 24 horas. A pré-eclâmpsia grave exigiu alterações laboratoriais específicas, edema pulmonar, sintomas de cefaleia, alterações visuais, dor torácica, dispneia ou dor no quadrante superior direito

Em relação à doença hipertensiva gestacional, a ocorrência da doença foi mais do que duas vezes maior entre as pacientes com covid-19 (17,9%) em comparação com as pacientes que apresentaram resultado negativo (8,4%). O grupo positivo para covid-19 teve probabilidade significativamente maior de apresentar hipertensão gestacional e pré-eclâmpsia sem características de gravidade do que o grupo negativo para covid-19. As taxas de pré-eclâmpsia com características de gravidade não foram significativamente diferentes entre os grupos.

 Negativas para covid-19Positivas para covid-19Valor de P
Hipertensão gestacional3,6%9,0%< 0,001
Pré-eclâmpsia1,3%3,6%0,03
Pré-eclâmpsia grave3,6%5,4%0,12

A gravidade da doença hipertensiva não diferiu entre os grupos. As limitações do estudo incluíram o fato de o desenho ter sido retrospectivo, o pequeno número de pacientes positivas para covid-19 e o estudo ter sido conduzido em uma única instituição na cidade de Nova York, nos EUA. No entanto, a população do estudo era diversificada e a pesquisa foi realizada durante o pico de infecções no epicentro da pandemia de covid-19.

“Esse foi um estudo de grande significado clínico”, disse a Dra. Kim Boggess, médica da University of North Carolina, nos EUA, enquanto moderava a sessão. “Eu diria vocês de Nova York são os mais bem posicionados para responder a algumas questões que precisam ser respondidas a respeito do efeito da infecção pelo coronavírus na gestação”.

A Dra. Kim perguntou se o estudo avaliou associações relacionadas com a gravidade da covid-19. Apenas 10 pacientes eram sintomáticas, disse a Dra. Nigel, e apenas uma apresentou pré-eclâmpsia com características de gravidade.

A Dra. Michelle Y. Owens, médica, professora e chefe de medicina materno-fetal no University of Mississippi Medical Center, nos EUA, que também moderou a sessão, disse que os achados requerem que os médicos atentem para a possibilidade de hipertensão e transtornos hipertensivos ao atenderem pacientes positivas para covid-19.

“Além disso, essas mulheres deveriam ser instruídas em relação aos transtornos hipertensivos e sintomas comuns, a fim de facilitar o diagnóstico precoce e o tratamento, quando indicado”, disse a Dra. Michelle. “Eu acredito que isso é de particular interesse para as mulheres que não são gravemente afetadas pela covid-19, na medida em que essas alterações podem ocorrer enquanto elas estiverem em quarentena ou sendo monitoradas remotamente. Isso aumenta a necessidade de avaliação remota ou monitoramento domiciliar da pressão arterial materna.”

As Dras. Nigel, Kim e Michelle informaram não ter conflitos de interesses.

Encontro anual de 2021 da Society for Maternal-Fetal Medicine (SMFM): Abstract 32. Apresentado em 28 de janeiro de 2021.

Medscape Notícias Médicas © 2021 WebMD, LLC

Citar este artigo: Covid-19 durante a gestação pode aumentar risco de hipertensão e pré-eclâmpsia – Medscape – 9 de fevereiro de 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s